Padrão

Rotavirus Penta

Indicações:

Imunização contra infecções gastrintestinais causadas pelo rotavírus.

Quem pode ser vacinar:

Bebês a partir de 6 semanas de vida, sendo que a primeira dose pode ser feita no máximo até 14 semanas de vida.

Contraindicações:

Imunodeficiência congênita ou adquirida; uso de imunossupressores (quimioterapia, radioterapia); reação alérgica grave a um dos componentes da vacina; doença gastrintestinal crônica; malformação congênita do trato digestivo; história prévia de invaginação (intussuscepção) intestinal, quadro febril agudo moderado a grave.

Esquema de doses:

Vacina pentavalente: três doses, a primeira entre 6 e 12 semanas (no máximo até 14 semanas de vida), a segunda com intervalo mínimo de 4 semanas da primeira dose (entre 10 e 22 semanas) e a terceira no máximo até  32 semanas, com intervalo mínimo de 4 semanas entre as doses. Caso a primeira dose não tenha sido aplicada até 14 semanas de vida, a vacinação não poderá mais ocorrer. A terceira dose não deve ser aplicada após 32 semanas de vida.

Reações Adversas:

Sintomas gastrointestinais leves.

Via de aplicação:

Via oral e não há necessidade de jejum antes ou depois da aplicação. Em casos de vômitos e regurgitação, não há necessidade de repetir a dose.

Categoria

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Rotavirus Penta”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *